domingo, 23 de setembro de 2007

Desenhar para quê? Ou para quem?


Seguir a alanbelo en Twitter

3 comentários:

J. Sena disse...

E ae Alan, seu texto ficou muito legal!
Concordo com você, nossos desenhos passam quem nós somos, o que sentimos e nossa forma de ver alguma coisa.
Se um vê uma flor como uma flor, ser que respira, faz fotossíntese, etc. e outro como um círculo com pétalas em formato de semi-círculo, já temos dois artistas diferente, e conseqüentemente duas obras distintas, que agradarão a públicos que se identifiquem com tais artistas.

Gosto de passar meu estado de espírito para os desenhos, e eles não precisam necessariamente ilustrar o que estou sentindo, literalmente. Se estou solitário, imagino uma ilha, com um pôr-do-sol alanrajado, e por ai vai!

Esse seu desenhos ficou bem legal, gostei desse cachorro!

É isso ai cara, um abraço!

Saulo Brito (Griffin) disse...

Ei Alan!

Suas palavras realmente refletem o amor com qual você produz seus trabalhos, e estes por sua vez refletem a dedicação e empenho da sua parte.

Parabéns!

Jean-Claude disse...

Obrigado pela visita , Alan...
E boa sorte na sua empreitada na ilustração...
E é amando o que se faz é que tudo pode dar certo...